Por
Tom Canabarro
6 minComments

Veja 5 motivos para você usar um gateway de pagamentos

Gateways de pagamento podem significar um ganho enorme para a sua operação

customer

Quando você administra um e-commerce, um dos pontos que mais precisa de atenção constante é o pagamento. Cada transação que chega é um cliente que já decidiu comprar o produto e agora está na expectativa da entrega.

Baixe grátis!
E-book: Entenda como funciona o submundo da fraude no e-commerce

Porém, nem sempre o pagamento dá certo - seja por questões de saldo, erro do usuário, problema na administradora, pagamento duplicado ou inúmeros outros. Nós da Konduto, apesar de sermos um antifraude, temos muita experiência em gateways e sabemos que não dá simplesmente para plugar com as adquirentes e deixar o barco navegando em águas calmas: sempre é preciso ter alguém olhando. Caso contrário…

sink

No entanto, para economizar, muitas lojas acabam integrando direto com a operadora de cartão. Em geral funciona na hora de enviar o pedido, mas quando o negócio enrosca é que o gateway mostra o seu valor. Listamos 5 motivos para você pensar com carinho na hora de tomar uma decisão sobre usar um gateway:

1. Saber navegar no suporte das operadoras

Quem já precisou ligar para o atendimento das adquirentes de cartão sabe que a tarefa não é muito fácil. Parece que lojista e operadora falam línguas diferentes (e de fato falam!). As terminologias que as operadoras usam para a mesma operação têm nomes diferentes, dependendo da empresa com quem você fala. Fazer-se entender por e-mail ou por telefone fica bem difícil. Estorno, void, desfazimento, cancelamento: não é tudo a mesma coisa? No conceito, sim. Mas, no nome, depende da operadora.

2. Identificar erros rapidamente

Quando o sistema de pagamento cai, a loja virtualmente morre. Todo o esforço e orçamento de marketing vão para o ralo, pois nada acontece quando o cliente clica no botãozinho mágico “comprar”. Para quem não tem experiência é difícil achar onde está o problema: é meu site? O datacenter? O gateway? A operadora? O banco emissor do cartão?

freakout

O time de suporte do gateway lida com isso todos os dias e consegue rapidamente identificar onde está o problema. Se for a operadora não há muito o que fazer, a não ser que você tenha um backup.

3. Facilidade em “virar a chave”

Se uma operadora cai e você está plugado só nela, seu site fica rendido até o sistema deles voltar. Ou pior: se por acaso a sua afiliação é suspensa por pendências cadastrais ou por excesso de fraude (isso acontece, leia mais aqui!) você fica sem poder vender por semanas. Semanas! Já imaginou o tamanho do problema?

Com um gateway você pode facilmente virar a chave para outra adquirente e continuar vendendo. E agora que temos várias opções de operadoras no mercado você tem um poder de barganha maior para negociar, pois o custo de trocar do A para o B é mínimo.

4. Funcionalidades: estorno, one-click, recorrência, captura parcial e afins

O trabalho do gateway não se resume a enviar pedidos. Há várias operações que um site precisa fazer no dia a dia que ficam muito mais fáceis via gateway, e o estorno é uma delas. Em algumas operadoras você precisa ligar e pedir o estorno de cada venda. Um trabalhão. Já os gateways conseguem fazer isso automaticamente e em lote, economizando muitas horas no telefone com o SAC da adquirente.

Muitos gateways também oferecem funcionalidades a mais, como armazenamento seguro de cartões para compras com 1-clique, plataformas de recorrência, captura e estornos parciais.

5. Segurança

Por último, mas não menos importante, os gateways trazem segurança. Eles manuseiam e armazenam o cartão para que a loja não precise, e isso reduz o número de cartões clonados – e, por tabela, as fraudes. Usar um gateway e não guardar o cartão é uma atitude responsável do e-commerce.

Resumindo: você paga para não ter dor de cabeça

peace

Integrar com um gateway de pagamentos não é uma tarefa simples, e não é todo mundo que se interessa em abrir mão de um percentual do valor de cada venda para pagar este serviço. No entanto, a verdadeira vantagem de um gateway não é necessariamente fazer um meio de campo entre o checkout da sua loja e as adquirentes de cartão. Um gateway, na verdade, tira das suas mãos uma série de peculiaridades e resoluções de problemas que você teria se plugasse a sua loja virtual diretamente com cada uma das operadoras de cartão.

Como em muitas decisões que tomamos no gerenciamento de uma empresa, esta é uma escolha que você deve fazer após pensar bastante e fazer muitos cálculos. Coloque na ponta do lápis e veja o que faz mais sentido para a sua operação!

Sobre a Konduto

Nossa experiência em gateways, meios de pagamento, engenharia da computação, machine learning e publicidade online nos permitiu criar um antifraude completamente diferente do que já existia no mercado brasileiro. Nós desenvolvemos um novo método de detectar fraudes no e-commerce, muito mais eficaz e permitindo que o lojista tenha uma redução de custos considerável em sua operação.

Quer saber mais?

Mande uma mensagem para a gente no e-mail oi@konduto.com, teremos o prazer em ajudar!

Conecte-se com a Konduto também nas redes sociais: Linkedin, Facebook e Twitter