repre

Não fica impressionado que é o Bonde do Cartão Clonado!

Mas sim, é isso mesmo que você está pensando. Uma rápida vasculhada pelo YouTube nos permite perceber uma série de músicas que exaltam a prática de fraudadores on-line, que não têm muito pudor em contar um pouco mais de como funciona esta prática criminosa, umas das mais frequentes em nosso Brasil (e também uma das menos combatidas pelas autoridades).

O funk dos fraudadores se tornou assunto na mídia brasileira recentemente, depois de uma palestra de Fabio Assolini, pesquisador de segurança da Kaspersky Lab, durante a 7ª Cúpula Latino-americana de Analistas de Segurança, realizada na Argentina.

Em pouco mais de 3 minutos, a canção deixa bastante claro o modus operandi dos criminosos, que utilizam os cartões clonados para compras fraudulentas sob encomenda em sites de e-commerce. Ah, e claro: tudo por um preço bastante abaixo do que é praticado. Veja só:

“O que tu quiser
Tênis, boné
Vários artigos, vários aparelho
Tudo o que tu quer nós tem
Pela metade do preço
É só tu escolher, é só tu falar
Porque nós vamos comprar”

Mas é assim mesmo? Descaradamente pela metade do preço?

“É por isso que eu te falo, hoje aqui tá no tormento. O tênis que é de 600, na minha mão paga 300”

Sim, é assim mesmo.

Tudo isso, porém, não é novidade, correto? Se você acompanha o blog da Konduto há algum tempo já deve ter lido o nosso e-book O Submundo da Fraude, em que revelamos todos estes pontos exaltados no funk apresentado por Assolini.

O que de fato cria uma sensação mais incômoda é a impunidade. Para se ter uma ideia, o vídeo compartilhado pelo especialista da Kaspersky foi publicado inicialmente no YouTube em 2011 (sim, há mais de seis anos!) e já conta com mais de 69 mil visualizações. E não é a única versão: há vários clipes relacionados de outras músicas que fazem apologia à fraude on-line e à clonagem de cartões.

relief

Infelizmente, apesar de estarmos vendo alguns movimentos tímidos no Brasil a respeito da investigação de crimes cibernéticos, mas ainda é muito pouco diante da extensão deste tipo de golpe – que atinge ao menos 1 a cada 28 compras on-line feitas diariamente em nosso País…

Que post mais baixo astral, gente! O que tá acontecendo com vocês?

Calma, há uma boa notícia para o e-commerce. Apesar do elevado risco de fraude no e-commerce brasileiro, as lojas virtuais podem contar com diversas tecnologias para se protegerem das compras com cartões clonados. Há diversas tecnologias modernas, inovadoras e eficientes disponíveis, sejam elas nacionais (como a Konduto!) ou de outros países.

relief

Share This