Blog da KondutoCases KondutoMateriais GratuitosVeja também

Mais aprovação, menos CBK: Konduto é a pimenta que faltava à Pimenta Full

Por 10 de dezembro de 2019 março 27th, 2020 Nenhum comentário

Deco Nowill (foto) é diretor-geral da Pimenta Full, gestora de e-commerces e cliente Konduto

Destaques do case:
 - Pimenta Full alcança taxa de aprovação de 99,21% tendo a Konduto como antifraude
 - Venda mais diante do menor risco: taxa de chargeback é de apenas 0,04%
 - Processo de integração simples e rápido com clientes VTEX
 - Operação transparente e atendimento e suporte eficazes
 - "Já fui cliente de todos, e a Konduto é o melhor antifraude do mercado"

Malagueta, biquinho, dedo de moça, jalapeño… Bem forte, mais fraca ou mesmo só para dar um saborzinho. Goste ou não goste, todos sabemos que a pimenta é um dos temperos mais populares do mundo e que, na dose certa, pode fazer a diferença para um bom prato. Foi com este pensamento que surgiu em 2015 a Pimenta Full, que hoje é um ingrediente indispensável para muitos e-commerces.

Com marcas como Sidewalk, World Wine, Zapalla, Darling e Lado Basic no seu acervo de clientes, a empresa é responsável por toda a operação destas lojas virtuais – o que inclui serviços como planejamento, inteligência, pricing, campanhas de mídia, aquisição de usuário, armazenagem, dentre outros. Para completar, a Pimenta faz o gerenciamento de todos os pedidos recebidos por estes e-commerces.

Bem, é principalmente por este último motivo que a Pimenta não demorou para descobrir que a fraude cibernética era aquele item que poderia estragar toda a sua receita. A empresa sofreu vários dissabores, mais precisamente até descobrir que a Konduto era – desculpem mais um trocadilho – a pimenta que faltava.

Um corretor de imóveis para barrar a fraude

Conforme conta Deco Nowill, diretor-geral da empresa, o primeiro fornecedor antifraude escolhido pela Pimenta ofereceu uma plataforma muito complexa. “Era difícil até de fazer login e sempre tínhamos um volume de chargeback que nos deixava desconfortáveis”, diz ele.

A segunda opção, um gateway que possuía um antifraude integrado, também não funcionou. O motivo principal é que o critério de regras do sistema determinava – na maioria das vezes – que compras de valor alto fossem reprovadas e as compras com valor baixo fossem aprovadas. O resultado: números elevados tanto de chargebacks como de falsos-positivos.

“Em uma das lojas tivemos 90% dos pedidos de um período de cinco dias com chargeback. A sensação foi péssima pois, quando eles começaram a chegar, os produtos já tinham sido entregues. Em um dos casos, quando conferimos o endereço era um prostíbulo em Arraial d’Ajuda e as compras eram de sapatos masculinos”, afirma Deco.

Se este relato te comoveu, calma que o drama não parou por aí. “Depois disso a loja só tinha fraude. Acho que os sistemas de mídia começaram a impactar pessoas com o perfil similar ao dos fraudadores, ou seja, mais fraudadores. Foi um inferno. Uma das pessoas da Pimenta passava toda a tarde olhando os endereços das compras. A gente brincava que o sonho dela era ser corretora de imóveis”.

O jogo começa a virar

Com tantos problemas, o pessoal da Pimenta retomou a busca por um antifraude ideal e conheceu a Konduto em uma palestra que demos em 2018 em parceria com a VTEX, uma das maiores plataformas de e-commerce do mundo. Deco gostou do que viu e decidiu apostar.

Bom, e se a primeira impressão é mesmo a que fica, o início desta parceria não poderia ter sido melhor. Cliente VTEX, a Pimenta se surpreendeu com a rapidez e facilidade com que o nosso sistema se integrou à plataforma. Tão fácil que isso por pouco não acabou em confusão.

“Fica muito claro que a pessoa que montou isso se preocupou com o cliente. Em 10 minutos você faz quatro lojas. Como eu sou ansioso, fiz os cinco passos da integração de uma vez e só avisei no final. Acredito que os passos são intercalados com processos internos de vocês e, como eu fui fazendo sem avisar a Konduto, o lado de vocês não estava 100% pronto. Mas resolvemos rapidinho”, relembra.

O melhor antifraude

Passado pouco mais de um ano e meio desta integração, os resultados da parceria Konduto e Pimenta Full são impressionantes. A empresa gestora de e-commerces tem atualmente uma taxa média de aprovação de 99,21% dos pedidos. E se engana quem acha que isto pode significar que muitas fraudes estão passando, já que a taxa de chargeback é de apenas 0,04%.

Com um cenário deste jeito, era claro que nossa relação iria (alerta de trocadilho de novo) apimentar, não é mesmo? Pois atenção para o que o Deco Nowill disse para a gente. Assim mesmo, com todas as letras:

“Não há como operar uma loja sem antifraude, então é melhor ter o melhor do mercado. Já fui cliente de todos e não tenho dúvida de que a Konduto é o melhor”.

Bom, depois que ele disse isso, o nosso escritório ficou mais ou menos assim:

O cliente em primeiro lugar

A parceria com a Pimenta é um case de sucesso não só porque reforça como nosso sistema que utiliza métricas tradicionais (dados cadastrais, fingerprint, geolocalização, etc), inteligência artificial e comportamento de navegação é eficiente para lojas dos mais diversos segmentos, mas também porque mostra que um antifraude pode ser um parceiro estratégico para os e-commerces.

“Os números com a Konduto para nós basicamente representam ter tempo para pensar em como vender mais, pois estamos bem seguros com eles olhando as nossas vendas. Se tudo no ramo de e-commerce fosse assim, estava lindo”, destaca Deco, que aliviado por não ter mais a necessidade de abrir inúmeros chamados e fazer diversas reuniões – para nem assim solucionar o problema com as fraudes.

“Não temos do que nos queixar. No ano passado, fizemos uma sugestão de alteração no processo de aviso sobre o chargeback, que foi prontamente atendida por vocês. Sendo assim, acredito que podemos realinhar o processo com tranquilidade se um dia precisarmos”, diz o diretor-geral.

Quer mais um destaque? Aí vai. A falta de transparência na relação com o antifraude também ficou no passado da Pimenta. “Sempre comento sobre o dashboard da Konduto com os fornecedores de mídia. Não está certo o antifraude ter mais informações sobre os nossos clientes que os sistemas de mídia. Isso mostra como vocês levam a sério a interface com o cliente e trazem os dados de forma clara para tomarmos a decisão, algo que seria desejável de todos os manipuladores de dados dos nossos sites”, conclui Deco.

Depois de tudo isso, que tal fazer como a Pimenta Full e aprovar mais pedidos diante do menor risco possível – contando ainda com uma equipe de atendimento e suporte inteiramente à sua disposição para alavancar seu negócio? Estamos esperando o seu contato!

Você já assina a newsletter da Konduto?

Eduardo Carneiro

Autor Eduardo Carneiro

Eduardo é jornalista formado pela Cásper Líbero e trabalhou em sites como Gazeta Esportiva, Terra e UOL ao longo da carreira. Na Konduto desde junho de 2019, escreve sobre as novidades do mundo da fraude e arrisca imitações de celebridades.

Mais posts de Eduardo Carneiro