Blog da KondutoQuem faz a KondutoVeja também

Conheça o Luiz: gerente comercial da Konduto, atleta e pai do Bernardo

Por 25 de março de 2020 abril 16th, 2020 Nenhum comentário
luiz cufaro quem faz a konduto

Luiz Fernando Cardoso Cufaro, 46 anos, é gerente comercial da Konduto e está na empresa desde 2016. Primeiro funcionário da área de vendas do antifraude, ele poderia ter seguido um caminho mais, digamos, saudável, já que se formou em educação física.

Ah e atrair novos clientes para a Konduto é só uma das tarefas do Luiz. Além de praticar esportes quando tem um tempinho livre, ele também é o papai do Bernardo, que tem 4 anos e está louco para dar aquela ajudinha nas vendas nestes tempos de home office forçado…

Você vai conhecer o Luiz neste novo episódio da série Quem Faz a Konduto, na qual contamos mais sobre a vida e carreira dos colaboradores do melhor antifraude do mercado.

Com a palavra, Luiz!

Como você veio parar aqui?

O Bento (Daniel, cofundador) me procurou e falou que estava precisando de alguém para a área comercial e tal. Falei com o Tom (Canabarro, cofundador) também. Foi menos uma entrevista e mais uma conversa. Já conhecia o Bento do mercado, já que trabalhei em outras empresas de meio de pagamento e antifraude. Fui o primeiro representante da área comercial e fui para o primeiro dos três escritórios que a Konduto teve. Pelas minhas contas eu sou o funcionário número oito. Já são quase quatro anos aqui.

Quais principais dificuldades você teve na Konduto?

No começo a empresa era pouco conhecida, com um portifólio pequeno de clientes e sem o serviço de análise manual. Esses fatores dificultavam as vendas e foi necessário realizar um trabalho intenso de prospecção, conquistar a confiança e construir credibilidade junto aos clientes e ao mercado.

Na época em que cheguei à empresa, conversamos que, apesar de termos uma ferramenta antifraude altamente tecnológica, o mercado de e-commerce ainda precisava de soluções que oferecessem revisão manual de pedidos suspeitos. Eu sentia isso das reuniões comerciais de que participava: muitas lojas virtuais preferiam terceirizar a análise manual, e precisávamos oferecer esta funcionalidade para poder atendê-los. Foi assim que nasceu o plano Konduto Completo.

Também tive que me adaptar a trabalhar em uma startup com oito funcionários depois de trabalhar anteriormente em duas empresas que tinham mais de de 1.200 funcionários. No início, quando retornava de uma reunião comercial, a empresa parava para saber o que rolou e se fechamos o cliente. Imagina a importância e o impacto do meu trabalho na Konduto, foram momentos bem desafiadores.

E quais os principais objetivos que você já alcançou?

Fui responsável pela venda para grandes clientes que continuam até hoje utilizando a nossa solução de antifraude. Uma coisa que também foi bacana é que no decorrer dos anos assumi múltiplas funções: fui hunter, farmer, canais e fiz a gestão de time e agora respondo pela prospecção de contas estratégicas. É cansativo, mas bastante dinâmico e a gente sempre vai se reajustando para assumir várias frentes e aprender cada vez mais.

O que te motiva a seguir empenhado no nosso projeto?

Acho que a questão do desafio é sempre motivadora, poder participar do crescimento da empresa e converter grandes contas em meio a concorrentes de peso. Isso me motiva muito.

Gosto de realizar vendas que exijam conhecimento. Por exemplo, o ciclo de venda de uma conta estratégica é super longo, existe todo um trabalho de convencimento que envolve diferentes interlocutores, com os mais distintos objetivos, como o diretor financeiro, de risco, de T.I, de e-commerce, de fraude os formadores de opinião…

Essas negociações levam no mínimo um ano. Todo este processo é bem complexo e cada empresa tem uma dinâmica interna distinta. É comum às vezes se levar um ano apenas para marcar uma reunião. Mas quando você consegue converter o cliente, essa sensação é a melhor.

Fun Facts do Luiz

  • Nosso gerente comercial é mais um do “bonde do ABC Paulista” da Konduto. Nasceu em Santo André e mora em São Caetano.
  • Luiz faz musculação e natação e tem fama de atleta saudável aqui na Konduto, com muitos colegas mais jovens invejando a sua forma física (eu que estou escrevendo sou um deles).

  • Mas a relação de Luiz com o esporte foi quase profissional, já que ele se formou em Educação Física. “Trabalhei poucos anos na área. Sempre tive essa veia vendedora, então, mesmo na área de educação física, vendia suplementos alimentares, roupas esportivas, tive uma pequena academia de musculação”…
  • Em 2005, Luiz foi contratado como representante comercial de uma instituição financeira, onde fazia credenciamento de maquininhas de cartão. Iniciou um MBA em Gestão Empresarial no ano seguinte e não saiu mais da área.
  • Neste período, ele viu de perto como o e-commerce se consolidou. “O primeiro evento do Fórum E-commerce Brasil que eu fui, em 2013, acabou me marcando porque era muito pequeno. Eu vinha do mercado de meios de pagamentos, no qual os eventos eram bem grandes. Depois o que chamou a atenção foi o crescimento exponencial desse evento e do mercado eletrônico como um todo.”
  • Luiz é casado com a Paula, com quem está há 10 anos. O casal tem um filho, Bernardo, de 4 anos, que está de olho no cargo do pai. “Quando eu estou no escritório em casa ele entra e diz: papai, agora eu sou você e você é o Bernardo. Aí ele abre o computador e fala: vou trabalhar. Ele me pede para soletrar o meu nome e o dele , enquanto fica digitando e por aí vai”.
  • Imagina isso agora, quando as aulas estão suspensas e a Konduto encorajou o home office de todos os colaboradores? “O Bernardo está comigo direto há mais de uma semana. Tenho conversado com ele sobre o coronavírus, explicado que a escola está fechada, que não estamos saindo de casa para não nos contagiarmos e assim contribuir com o restante da população. Claro que em alguns calls ele quer entrar na conversa, mas no geral ele está se comportando bem”.

  • Pedi pro Luiz deixar uma frase inspiradora para encerrarmos este texto, mas ele não se lembrou de nenhuma. Então pedi duas sugestões de séries para assistirmos nestes tempos de quarentena: “Billions, sobre mundo das finanças, e Suits, sobre advogados. Ambas estão no Netflix”. Valeu, Luiz!

Eduardo Carneiro

Autor Eduardo Carneiro

Eduardo é jornalista formado pela Cásper Líbero e trabalhou em sites como Gazeta Esportiva, Terra e UOL ao longo da carreira. Na Konduto desde junho de 2019, escreve sobre as novidades do mundo da fraude e arrisca imitações de celebridades.

Mais posts de Eduardo Carneiro