E-commerce sofre 1 tentativa de fraude a cada 5 segundos

Que a fraude on-line é um dos crimes mais frequentes em nosso País você já deve saber, não é mesmo? Mas você sabe qual é o nível de incidência deste golpe? Segundo nossos estudos, o resultado é revelador: a cada 5 segundos uma loja virtual sofre uma tentativa de golpe no Brasil, com algum criminoso utilizando cartões de crédito clonados!

Esta informação faz parte do Raio-X da Fraude, o mais completo material sobre análise de risco do e-commerce brasileiro. O relatório toma como base as mais de 40 milhões processadas pelos sistemas da Konduto, entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2017.

FAÇA O DOWNLOAD DO RELATÓRIO
Raio-X da Fraude no e-commerce brasileiro em 2017

Destinado a todas as profissionais que lidam com e-commerce, meios de pagamento e transações on-line, o Raio-X da Fraude compartilha informações importantes para que as empresas se protejam deste tipo de golpe. O relatório traz à tona dados como períodos do dia e dias da semana em que a atividade destes criminosos é mais recorrente e também quais são os tipos de aparelhos (computadores, smartphones e tablets), os sistemas operacionais e os navegadores de internet mais utilizados para a prática da fraude.

Como chegamos a este índice?

De acordo com o Raio-X da Fraude, o índice de tentativa de golpes contra lojas virtuais brasileiras foi de 3,03% ao longo do ano passado. Se levarmos em conta que o e-commerce nacional recebeu 203 milhões de pedidos ao longo de 2017, segundo estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), temos que ao menos 6,09 milhões de compras foram feitas por fraudadores ao longo do ano. Isso representa 507 mil tentativas por mês, mais de 16 mil por dia, 695 por hora e quase 12 por minuto. Ou seja: 1 tentativa de golpe a cada 5 segundos.

img

É importantíssimo frisar que 3,03% não é o índice de fraudes efetivas no e-commerce brasileiro. A maioria destas transações é barrada a tempo pelo antifraude ou pelo próprio lojista antes mesmo que o portador legítimo do cartão clonado solicite o estorno daquela compra indevida. Entretanto, um e-commerce saudável não pode ter uma taxa de fraudes superior a 1%, sob risco de advertências, multas e penalidades impostas pelas operadoras de cartão.

1 tentativa de fraude a cada 33 compras

Proporcionalmente, o índice de 3,03% de tentativa de golpe corresponde a 1 transação fraudulenta a cada 33 processadas na internet brasileira. Este valor é ligeiramente menor do que em 2016, quando a taxa esteve na casa de 3,58%, mas ainda está muito acima do que é considerado “saudável” para um e-commerce.

Tentativas de fraude por dia e hora

O Raio-X também revela o horário de maior atividade dos criminosos cibernéticos, com dados que desmistificam a imagem do fraudador encapuzado e mascarado, que atua na calada da noite em um quartinho mal iluminado. De acordo com os dados levantados pela Konduto, a maioria das tentativas de fraude ocorre durante o “horário nobre”, especialmente entre 20h e 22h59: só estas três horas correspondem a mais de 21% das tentativas. Por outro lado, no horário da “madrugada”, entre 0h e 6h, são feitos menos de 15% dos pedidos fraudulentos na internet brasileira.

Já o dia da semana com a maior incidência de criminosos cibernéticos no e-commerce nacional é a quarta-feira, enquanto os dias com menos tentativas de golpe são justamente o final de semana. Isso reforça o que sempre dizemos: a fraude com cartões clonados não é um mero “passatempo”, mas uma atividade organizada e encarada como “trabalho” para os estelionatários.

img

O nosso relatório ainda traz informações precisas sobre quais as plataformas e sistemas operacionais mais utilizados por estes criminosos cibernéticos. Computadores ou smartphones? Windows ou Apple? Google Chrome ou Mozilla Firefox? O Raio-X da Fraude explica quais são as “ferramentas” mais utilizadas pelos fraudadores. Confira o material!

Como proteger a sua loja virtual?

A fraude on-line pode causar problemas graves a uma empresa: chargebacks, multas de adquirentes, milhões em prejuízo, reclamações, má reputação, ineficiência operacional, danos à marca… (e a lista não para por aí). É uma enorme e crescente ameaça para o comércio eletrônico no mundo inteiro, mas que não deve se tornar uma preocupação exagerada a quem vende on-line.

Temos uma má notícia: não existe fraude zero no comércio eletrônico; o risco faz “parte do jogo”. Por isso, quem melhor combate a fraude não é quem tem como foco não receber chargeback algum – afinal, para isso acontecer, será necessário cancelar muitas vendas boas e abrir mão de uma gorda fatia de faturamento. No jogo contra a fraude, o ganhador é quem consegue otimizar a análise de risco, aprovando o máximo de pedidos diante do menor risco possível.

Em resumo: não é o medo da fraude que faz com que uma loja supere esta ameaça. O “segredo” é saber administrar o risco de maneira consciente, delegando a análise de risco (toda ou a maior parte dela) a quem realmente sabe lidar com a detecção de compras criminosas.

Sobre a Konduto

Somos a primeira empresa do mundo a considerar o comportamento de navegação e compra do usuário em um site de e-commerce para calcular o risco de fraude em uma transação. Nosso sistema utiliza todas as técnicas tradicionais da análise de risco (validação de dados cadastrais, revisão manual, fingerprint, geolocalização) e ainda conta com filtros de inteligência artificial. Essa combinação é capaz de aumentar consideravelmente a precisão do antifraude e beneficia a operação do lojista.

Nossos cases de sucesso mostram que a Konduto tem a mais moderna e eficiente tecnologia para barrar fraudes on-line. Temos clientes de todos os segmentos do e-commerce e somos reconhecidos pela imprensa e pelo mercado de tecnologia como uma das empresas brasileiras mais inovadoras do setor.

Entre em contato conosco no e-mail oi@konduto.com e nos diga como a Konduto pode ajudar o seu e-commerce!

Share This