AnúnciosBlog da KondutoDicas de e-commerceProteja sua loja

Fraude do boleto: quando o concorrente “sequestra” o seu estoque

Por 4 de setembro de 2018 janeiro 9th, 2019 Nenhum comentário

Já estamos quase na terceira década do século 21, mas acredite: ainda há quem acredita erroneamente que o boleto bancário é o meio de pagamento mais seguro para transações on-line.

Isso é uma grande falácia, na verdade – apesar de, ainda hoje, muitos consumidores acharem que estão mais seguros pagando uma compra no e-commerce por meio do boleto e não do cartão de crédito. Nem vamos entrar em muitos detalhes neste artigo, mas o golpe do bolware está aí para mostrar o contrário: que o cliente está, sim, vulnerável a fraudes no boleto (se tiver mais curiosidade sobre o tema, vale ler este bom artigo produzido pelo pessoal do Pagar.me).

Só que… você sabia que o e-commerce também está suscetível a um golpe muito particular realizado a partir do boleto bancário? É uma fraude chamada “boletagem” – ou “sequestro de estoque”, como batizamos aqui na Konduto. Ela acontece quando o seu concorrente age de má fé, no intuito de te prejudicar e de impedir a sua loja virtual de vender – especialmente em um período de alta sazonalidade (como a Black Friday).

Neste artigo, vamos te explicar melhor como funciona este golpe e, melhor ainda, vamos te explicar como se proteger dele. Veja só:

Como funciona essa fraude de boleto?

Imagine que está chegando a Black Friday, e o grande chamariz de ofertas da sua loja virtual sejam vestidos vermelhos. Você negociou com fornecedores, estruturou toda a estratégia de comunicação e marketing, investiu pesado para vender em quatro dias mais vestidos vermelhos do que você vendeu no ano inteiro.

Empolgante, né?

Aí, mal você lança a promoção dos vestidos vermelhos e eles vendem mais do que água. Em poucos minutos você precisa tirar a promoção do ar, porque todo o seu estoque de vestidos vermelhos já tem dona. E… olha só que curioso: 90% dos pedidos foram gerados com pagamento no boleto bancário.

Cilada mesmo, Bino! Na verdade, em um contexto como este, é bem provável que algum concorrente seu, muito dos mal-intencionados, tenha feito a maioria dos pedidos de boleto… ou será que tem alguém assim tão fanático por vestidinhos vermelhos?

(Além da Mônica, é claro)

Como assim? O concorrente compra de mim para me prejudicar?

Isso mesmo! Quer dizer… quase isso. Na verdade, o seu concorrente não compra de você. Ao gerar o pedido e escolher o boleto como forma de pagamento, ele apenas te fez reservar aqueles trocentos vestidinhos vermelhos no seu estoque e tirar a promoção do ar. Você percebeu que não teve dinheiro envolvido, não teve pagamento…?

Todo aquele monte de boleto provavelmente não será pago. Eles vão vencer dali alguns dias e os pedidos serão cancelados.

E o resultado disso? Todo aquele mundo de vestidos vermelhos que você achou que tinham sido sucesso de vendas e se esgotado em poucos minutos na verdade ficarão encalhados. Enquanto o seu concorrente, que “sequestrou” o seu estoque durante a promoção para que você não vendesse para as clientes legítimas, fez a festa vendendo para clientes de verdade.

Tchau meta de vendas, tchau faturamento, tchau lucro…

Chato, né?

Como se proteger, então?

Então… estamos aqui justamente para te contar isso:

A Konduto é capaz de proteger os e-commerces do golpe da boletagem – ou do sequestro de estoque.

“Mas eu sempre achei que antifraude só servisse para analisar o risco de transações de cartão de crédito?”

Pois então… a nossa solução é tão eficaz que nós somos capazes, inclusive, de analisar o risco em transações via boleto bancário.

“Ah, legal… então se eu já sou cliente Konduto eu já estou protegido?”

Não necessariamente. Por se tratar de um golpe bastante específico, e diferente da fraude “clássica” com cartões clonados, os modelos de risco são diferentes. São outras características que o nosso antifraude levará em consideração para emitir recomendações sobre pedidos pagos no boleto, e por isso você deve conversar com nossos times Comercial e de Suporte para alinhar estas questões.

(Mas é bem simples, viu?)

De qualquer maneira, nosso antifraude pode, sim, receber todos os pedidos que a sua loja virtual realizar com pagamento no boleto bancário e orientar o que fazer: aprovar aquele pedido e reservar o item para o cliente, ou cancelá-lo e não permitir que o seu concorrente mantenha o seu produto sob cárcere.

Como a Konduto faz isso?

Simples: o grande segredo para conseguirmos ser o único antifraude capaz de coibir o golpe da boletagem é porque o nosso sistema de análises não está baseado somente em verificações de dados cadastrais e/ou financeiros, de cartão de crédito, ou fingerprint, ou regras condicionais. Nosso sistema coleta mais de 2 mil variáveis sobre um único pedido, algumas delas essenciais para detectar justamente o risco em pedidos de boleto bancário.

A parte boa é que, com essa possibilidade de prevenir o golpe do sequestro de estoque, você e seu e-commerce poderão aproveitar ao máximo a alguma época de promoções – sem se preocupar com fraude de cartão de crédito e nem de boleto e voltando suas atenções ao que realmente importa: vender! 🙂

Felipe Held

Autor Felipe Held

Maratonista, palmeirense, beatlemaníaco e enciclopédia de piadas do Chaves, Felipe também é Head de Comunicação e Marketing da Konduto. Jornalista pela Cásper Líbero e pós-graduado em marketing pela ESPM, trabalhou em redações esportivas de Gazeta, UOL e Terra antes de entrar para o time do melhor antifraude do e-commerce em 2015. Já entrevistou Pelé, Maria Esther Bueno, Guga, Guardiola e Bernardinho, mas o dia mais incrível da carreira foi quando apresentou o Fraud Day.

Mais posts de Felipe Held