Blog da KondutoNotícias da fraudeProteja sua loja

Golpe da entrega errada: fraudadores retiram mercadoria na casa das vítimas

Por 19 de setembro de 2018 janeiro 31st, 2019 Nenhum comentário

Criminosos abusaram da ousadia para arquitetar um novo tipo de golpe contra lojas virtuais. Trata-se da fraude da entrega errada, uma prática que começou a ser realizada recentemente e escancara a ineficiência da validação de dados cadastrais na análise de risco em compras on-line.

O crime, na verdade, poderia até ser considerado uma fraude “clássica” e relativamente trivial. Ela segue um script bastante conhecido por especialistas: fraudadores realizam compras de itens de alto valor, utilizam dados cadastrais de clientes “legítimos” e pagam com cartões de crédito clonados. Entretanto, um detalhe insólito chama a atenção: o endereço de entrega. Neste tipo de golpe, o pedido chega a ser entregue na casa da própria vítima!

Oi? Mas como assim, gente?

Pois é, aparentemente não faz sentido. Mas este é justamente o pulo do gato desta fraude.

Assim que a mercadoria é entregue no endereço informado na compra, o criminoso entra em contato com o suposto cliente (que, evidentemente, não sabia do pedido) e finge ser um funcionário da loja on-line. O próprio fraudador informa que houve um erro na entrega e que a mercadoria será recolhida. Pouco depois, um outro criminoso, passando-se por colaborador do e-commerce, vai até o endereço para retirar o produto e o leva embora.

Pronto: fraude concluída! :/

Explicando o golpe

Nesta engenhosa modalidade de fraude, o criminoso não precisa se expor na hora de receber a compra feita com cartões clonados, não precisa utilizar “laranjas” e nem sequer compromete o próprio endereço para futuras compras. Ele faz uso do que chamamos de “cadastro perfeito”: todos os dados do cliente batem, inclusive o endereço da entrega…

O estelionatário consegue, também, burlar regras pré-estabelecidas pelo lojista ou pelo próprio sistema antifraude. Há sistemas que configuram automaticamente uma perigosa regra: “se os dados do comprador conferem com as informações disponíveis em bureaus de informações, o pedido pode ser liberado”. Com isso, muitas vezes, o pedido sequer passa por uma análise manual…

Sad but true, não é mesmo?

Do lado do cliente que não sabia do pedido, não há muito o que fazer. Pense só: ele mal recebeu a entrega e já entraram em contato com ele da loja ou da transportadora justificando o erro e informando sobre a pronta retirada.

Ah, um detalhe: na fraude da entrega errada, fraudadores normalmente se utilizam de clientes com mais de 50 anos de idade e que morem em casas – não em prédios, onde o pedido poderia ser recebido por porteiros e ficaria retido por algumas horas ou até dias, tornando a execução do golpe mais morosa.

Esta prática parece extremamente criativa. Afinal de contas… quem desconfiaria deste tipo de fraude…?

Quem? A Konduto, claro!

Hehe…

Muito além dos dados cadastrais

Batemos no peito orgulhosos quando dizemos que o antifraude da Konduto não se baseia somente em informações cadastrais para analisar o risco de uma compra on-line. Como você já deve saber, nosso sistema leva em consideração mais de 2 mil variáveis sobre um único pedido…

Isso quer dizer que a correspondência das informações de cadastro do cliente com os dados dos bureaus tem lá sua relevância dentro da análise, mas este match é apenas um componente dentro da análise de risco da Konduto. Nós olhamos para mais coisas – muito, muito, muito mais. Como, por exemplo, todo o comportamento de navegação do cliente durante a compra daquele produto. Ou você acha que um criminoso passaria longos minutos, talvez horas, “namorando” um item caro antes de adquiri-lo com um cartão clonado?

Além disso, nosso sistema não necessita configuração manual de regras de aprovação/cancelamento de pedido – afinal, o antifraude da Konduto foi um dos primeiros do mundo a contar com algoritmos de inteligência artificial (machine learning). Na prática, isso quer dizer que a nossa ferramenta cria e altera regras automaticamente, de acordo com o perfil de risco de cada loja, evoluindo a cada pedido e muito menos suscetível ao “erro humano”.

Como evitar a fraude da entrega errada?

Essa é a hora em que a gente fala: “Fácil! Contrate a Konduto, claro”, né? E coloca um gif sugestivo com alguém dando uma piscadela tipo assim:

Bom… sim, também. Contar com a Konduto é uma (ótima) alternativa para este problema, mas nossos conteúdos não são destinados somente a quem utiliza a nossa ferramenta. Portanto, para evitar a fraude da entrega errada, é importante seguir alguns passos:

#1. Se houver histórico de fraudes assim na sua loja, seu time de risco deve confrontar os casos e verificar se há informações que coincidem nestas compras (como região de entrega, dados dos cartões utilizados na compra, produtos adquiridos, perfis de e-mail, produtos comprados etc).

#2. Caso você utilize um antifraude que tenha uma série de regras condicionais de aprovação de pedidos, é crucial verificá-las atentamente e, se necessário, revê-las – mesmo que isso aumente temporariamente a fila de análise manual.

#3. Se o seu time acabou de detectar um caso assim e o frete ainda está em curso, ou se um cliente foi mais rápido que o fraudador e entrou em contato com a sua loja virtual informando sobre uma entrega errada, ainda é possível reaver a mercadoria! Neste caso, alinhe o dia e o horário exato da retirada do produto, o nome da empresa/motorista que fará a retirada etc. Este processo pode ser feito em parceria com a transportadora.

#4. Sempre atualize o seu time de risco sobre perfis de fraudes (é aí que entra a Konduto de novo, nosso blog é uma mina de ouro para quem quer se manter atualizado no assunto e fazer uma análise de risco super eficiente). Oriente todo mundo a se inscrever para receber nossos artigos por e-mail, é só clicar aqui: quero me cadastrar na newsletter da Konduto!

Sobre a Konduto

Somos a primeira empresa do mundo a considerar o comportamento de navegação e compra do usuário em um site de e-commerce para calcular o risco de fraude em uma transação. Nosso sistema utiliza todas as técnicas tradicionais da análise de risco (validação de dados cadastrais, revisão manual, fingerprint, geolocalização) e ainda conta com filtros de inteligência artificial. Essa combinação é capaz de aumentar consideravelmente a precisão do antifraude e beneficia a operação do lojista.

Nossos cases de sucesso mostram que a Konduto tem a mais moderna e eficiente tecnologia para barrar fraudes on-line. Temos clientes de todos os segmentos do e-commerce e somos reconhecidos pela imprensa e pelo mercado de tecnologia como uma das empresas brasileiras mais inovadoras do setor.

 

Felipe Held

Autor Felipe Held

Maratonista, palmeirense, beatlemaníaco e enciclopédia de piadas do Chaves, Felipe também é Head de Comunicação e Marketing da Konduto. Jornalista pela Cásper Líbero e pós-graduado em marketing pela ESPM, trabalhou em redações esportivas de Gazeta, UOL e Terra antes de entrar para o time do melhor antifraude do e-commerce em 2015. Já entrevistou Pelé, Maria Esther Bueno, Guga, Guardiola e Bernardinho, mas o dia mais incrível da carreira foi quando apresentou o Fraud Day.

Mais posts de Felipe Held