Blog da KondutoDicas de e-commerce

Sete motivos para o e-commerce apostar no sucesso da Black Friday 2019

Por 14 de outubro de 2019 Nenhum comentário

A Black Friday vem ganhando relevância e batendo recorde de vendas ano após ano desde a sua primeira edição no Brasil, realizada no já distante mês de novembro de 2010. E esta expansão não deve parar em 2019, já que a tendência é de um evento ainda maior e mais abrangente do que os anteriores.

Duas recentes pesquisas de projeção da “black” deste ano (marcada para o dia 29 de novembro) reforçaram esta expectativa animadora. Um levantamento foi feito pelo site blackfriday.com.br e ouviu a opinião de 1.300 consumidores. Já o segundo, realizado pelo Google em parceria com o instituto Provokers, consultou 1.500 pessoas de todas as regiões do país.

Veja sete pontos que merecem destaque:

  • De acordo com a pesquisa do Google/Provokers, a Black Friday é conhecida por 99% dos entrevistados, e a intenção de compra para este ano aumentou 58% na comparação a 2018. O ticket médio deve ficar em R$ 1.330.
  • A experiência de compra na data em 2018 foi considerada ótima ou boa por 87% dos entrevistados pelo site Black Friday. Além disso, nove em cada dez responderam que incentivariam parentes ou amigos a procurarem ofertas no período.
  • Os números também apontam para um amadurecimento do consumidor. Segundo o Google/Provokers, 76% entendem que a “black” não é apenas um dia de compra, mas sim um período que inclui dias anteriores e posteriores à última sexta-feira de novembro. Já o site Black Friday apontou que 97,4% dos entrevistados pesquisam os produtos ou serviços que pretendem comprar com antecedência.
  • O preço ainda é o fator mais importante para os internautas na hora da compra, mas seis em cada dez pessoas ouvidas pelo site Black Friday afirmam que a confiança na loja também é fundamental antes de fazer o checkout.
  • De acordo com o Google/Provokers, 71% dos entrevistados fizeram ao menos uma compra na Black Friday 2018 em lojas diferentes das que costumam comprar. Para 2019, a intenção de compra deste tipo avançou para 84%.
  • Os números do site Black Friday mostram um aumento no percentual de compras pela internet (de 56,4% para 58,4%) e por smartphones (de 26,1% para 29,4%). O cartão de crédito foi o meio de pagamento mais utilizado na edição passada (81,6%), enquanto o boleto registrou queda (11,9%).
  • Celulares/smartphones e eletrodomésticos ainda lideram a preferência dos consumidores, mas a intenção de compra em 2019 de outros segmentos cresceu de forma agressiva. São os casos do setor automotivo (300% a mais na comparação com o ano passado), planos de celular (250%), bebidas não alcoólicas (200%), serviços financeiros (200%), imóveis (200%), alimentos (150%) e cursos (133%).

O que dizem os especialistas?

“Passamos por um período de entender a Black Friday, chegamos à automação de processos e, em 2019, é a consolidação do evento”
Gleidys Salvanha, diretora de negócios de varejo do Google Brasil, em entrevista ao site Propmark.

“A construção não acontece só na data (da Black Friday), mas sim durante toda a temporada. O consumidor fornece o tempo todo sinais de intenção do que procura, do que não gosta, se gostou do anúncio etc. É fundamental estabelecer a conexão antes da data”. 
José Melchert, head de indústria e varejo do Google, em entrevista ao site E-commerce Brasil.

E aí, está mais animado (a) para a Black Friday depois de ler os dados e as declarações deste artigo? Que tal então conferir nosso checklist e ver se sua loja virtual já está pronta para uma das datas mais importante do calendário?

Newsletter da Konduto

Eduardo Carneiro

Autor Eduardo Carneiro

Eduardo é jornalista formado pela Cásper Líbero e trabalhou em sites como Gazeta Esportiva, Terra e UOL ao longo da carreira. Na Konduto desde junho de 2019, escreve sobre as novidades do mundo da fraude e arrisca imitações de celebridades.

Mais posts de Eduardo Carneiro