AnúnciosBlog da KondutoProteja sua loja

Konduto é parceira de três startups unicórnios no combate à fraude on-line

Por 19 de novembro de 2019 março 27th, 2020 Nenhum comentário

Ah, os unicórnios! Quem tem filhos ou convive com crianças sabe o quanto estes simpáticos animais mitológicos habitam o imaginário dos pequenos…

Mas já tem algum tempo que muita gente grande também sonha em um dia virar unicórnio ou mesmo trabalhar em um – graças a um termo adotado a partir de 2013. De lá para cá, startups unicórnios são aquelas que atingem a marca de US$ 1 bilhão em avaliação de mercado – à época algo tão raro quando ver um cavalo branco com chifre pontiagudo por aí.

Felizmente, mesmo com a crise econômica dos últimos anos, unicórnio não é animal em extinção no Brasil. Tanto que quatro empresas alcançaram este patamar apenas em 2019! (Antes de avançarmos, aqui cabe um parênteses para você, grande fã da Konduto, segurar a emoção porque nós ainda não somos uma delas. Ainda…)

Konduto e EBANX

Não estamos no grupo de startups unicórnios, mas temos bastante orgulho de trabalhar ao lado de alguns deles. A começar pelo EBANX, cliente Konduto desde o já distante ano de 2015.

Bem, se você ainda não conhece a história, esta fintech fundada em 2012 em Curitiba apresentou uma solução que permitiu a empresas como Airbnb, Spotify, Pipedrive, Wish e Aliexpress venderem on-line no Brasil em moeda local e oferecendo variados meios de pagamento – até então, a única opção para o brasileiro que queria comprar em site estrangeiro era um cartão de crédito internacional.

O negócio ultrapassou as nossas fronteiras, tanto que hoje o EBANX também conecta cidadãos de outros países latino-americanos, como Argentina, Chile, Colômbia e México, a companhias globais, possibilitando acesso e uma melhor experiência de compra. O título de unicórnio chegou em outubro passado, após um aporte do fundo FTV.

A notícia nos deixou especialmente felizes por se tratar de um cliente que confiou na Konduto num momento em que dávamos os primeiros passos no mercado – e que nos trouxe um desafio daqueles: conter os ataques de fraude em uma grande loja de jogos on-line que por si só representava 80% dos chargebacks do EBANX àquela altura.

“Um grande risco de reputação estava em jogo, além das perdas financeiras associadas a potenciais multas das bandeiras de cartão”, relembra Susan Pastega, diretora global de risco e compliance da fintech.

Antes da Konduto, a análise de risco das transações processadas pelo EBANX passava por níveis de autenticação (validação de CPF, limites internos impostos pelo Banco Central etc) e checagem nas listas de contatos bloqueados, além de uma análise manual de compras para alguns lojistas. Uma fórmula que não estava funcionando.

Mas, para nós, missão dada é missão cumprida. Depois de um processo de integração simples e rápido, levamos para o nosso então novo parceiro um sistema que combina técnicas tradicionais de análise de risco (dados cadastrais, revisão manual, fingerprint etc) com monitoramento de navegação do usuário e filtros de inteligência artificial.

Deu certo? Muito! Só nos primeiros dois meses, reduzimos a taxa de chargebacks do EBANX para níveis aceitos pelas bandeiras e de quebra evitamos um prejuízo estimado em R$ 7 milhões em fraudes! Não à toa, o namoro virou casamento e lá se vão mais de quatro anos que temos este unicórnio no nosso portfólio de clientes.

“A Konduto se mostrou ágil, conectada ao mercado e com grande senso de urgência. É um parceiro ideal ao nosso modelo de negócios e com certeza recomendo para outros e-commerces”, afirma Susan, que é uma baita parceira nossa e foi responsável por abrir o Fraud Day 2019. Falando nisso, veja ou reveja a palestra dela aqui e garanta o seu lugar na edição 2020 do evento aqui.

Konduto e Movile/iFood

Movile e iFood formam um caso raro de unicórnio dentro de outro unicórnio. Difícil achar alguém que não use ou ao menos conheça o aplicativo que revolucionou o delivery de comida no Brasil – e que anunciou ao mercado e ao público em novembro do ano passado que ultrapassou US$ 1 bi em avaliação de mercado.

Mas nem todos sabem que o iFood pertence à Movile, grupo que nasceu em Campinas em 1998 e de início desenvolvia e vendia SMS e ringtones. Duas décadas se passaram e agora, além do iFood, a empresa é investidora e/ou controladora de startups como Sympla, Zoop e Maplink, além de ser a criadora do app de sucesso PlayKids – e, como você deve estar imaginando, um unicórnio a exemplo do serviço de entrega de comida.

Bem, nossa parceria com este “unicórnio dois em um” começou em meados deste ano. Nestes primeiros meses, a Konduto tem ajudado Movile e iFood a terem uma alta taxa de aprovação diante do menor risco possível graças a nosso sistema que calcula duas mil variáveis de um único pedido em menos de um segundo, o que é extremamente importante para este modelo de negócio. Afinal, quem vai pedir uma pizza no iFood e aguentar ficar duas horas esperando porque o pedido está em revisão, não é mesmo?

A Konduto virou uma parceira com um modelo ideal, que se adapta a vários tipos de marketplaces de forma ágil e eficaz”, destaca Alisson Andriotti, analista de riscos e fraude pleno na MovilePay, que coincidentemente usou nosso modelo antifraude quando trabalhava em outro cliente, a ConectCar.

“Conheci a Konduto três anos atrás, quando necessitávamos de uma tecnologia simples, porém inteligente e de alta escalabilidade para mitigar fraudes on-line. Com a ferramenta implementada, consegui trabalhar de forma transparente e com total apoio da equipe, até mesmo dos co-founders, para colocar em prática o melhor cenário de regras e adaptação da machine learning para o tipo de negócio da ConectCar. Conseguimos uma redução de 50% do cbk em aproximadamente 3 meses de trabalho”, relembra

Mais unicórnios brasileiros

Além dos nossos parceiros EBANX e Movile/iFood, o grupo de unicórnios brasileiros conta ainda com 99, Nubank, Stone, PagSeguro, Loggi, Gympass e Quinto Andar. Sobre estas empresas, podemos dizer que uma delas também já é cliente Konduto, enquanto outra está em vias de se tornar.

Mas qual é a coincidência para que quase metade das startups unicórnios no Brasil sejam clientes Konduto? Bom, na verdade, não há coincidência. Alta tecnologia, produtos e serviços inovadores e disrupção são alguns dos elementos em comum das nossas startups que hoje valem mais de US$ 1 bilhão, mas um antifraude eficiente – e disso entendemos bem – também é um tempero importante para o sucesso desta receita.

Você já assina a newsletter da Konduto?

Eduardo Carneiro

Autor Eduardo Carneiro

Eduardo é jornalista formado pela Cásper Líbero e trabalhou em sites como Gazeta Esportiva, Terra e UOL ao longo da carreira. Na Konduto desde junho de 2019, escreve sobre as novidades do mundo da fraude e arrisca imitações de celebridades.

Mais posts de Eduardo Carneiro