Blog da KondutoDestaquesKonduto BlogQuem faz a Konduto

Dânia Carvalho – Indignação que ajuda a prevenir fraudes

Por 13 de janeiro de 2021 janeiro 15th, 2021 Nenhum comentário
imagem de Dânia Carvalho entrevistada de hoje do blog sobre análise contra fraudes

O Blog da Konduto costuma sempre fazer alguma publicação para apresentar colaboradores que fazem parte da empresa e ajudam a combater fraudes. A gente conta curiosidades sobre a vida dessa pessoa na série “Quem faz a Konduto”.

Em 2021, é claro que a série continua! Desta vez, vamos trazer o dia a dia de trabalho das pessoas que estão na linha de frente da análise antifraude e que também são tão importantes para garantir a segurança das empresas.

Quem são? O que comem? O que fazem? Onde vivem? Agora, no Konduto repórter!

Tentativas de fraudes

Você sabe qual a tentativa de fraude mais comum no Brasil? Analistas antifraude da Konduto descobriram que um dos casos mais frequentes flagrados são de fraudadores tentando se passar por clientes de grandes empresas para fazer compras, mas com dados pessoais e endereços que não batem e não se vinculam com as informações verdadeiras.

Há três modalidades mais comuns:

  • Criminosos tentam fazer a fraude com os próprios dados deles, mas com cartão de crédito de outra pessoa.
  • Tentam fraudar a compra com dados do cliente, mas com alguma informação divergente que não é do cliente (telefone ou e-mail). 
  • E tentam fraudar a compra com dados totalmente diferentes do dono do CPF.

Mesmo com esses modos mais comuns de operação de um criminoso, um dia nunca é igual ao outro para se trabalhar no setor de antifraude. Quem explica é Dânia Carvalho, analista de prevenção à fraude na Konduto. Logo que começa a trabalhar, já surgem os atendimentos para analisar casos de possíveis fraudes em vendas pela internet.

“Eu gosto muito do que eu faço e a gente faz um trabalho importante pra sociedade como um todo”, diz Dânia.

Justiça

No esporte, em um jogo de futebol, costumamos dizer que, para cada adversário, os times se preparam de uma maneira. E para cada análise de risco, Dânia sabe muito bem o que fazer.

A Analista de Prevenção à Fraude tem desejo grande por justiça! Quem conhece, sabe que ela está sempre indignada com as situações e vai fundo para investigar um caso e descobrir se a compra é fraudulenta. E assim como uma super heroína que combate crimes, Dânia não se dá por satisfeita e busca o máximo de informações sobre um comprador para se certificar e tomar a decisão certa.

Que decisão é essa? Dânia é uma das dezenas de funcionários da Konduto que tem o poder de aprovar uma compra ou de impedir que ela seja feita para proteger as empresas que são nossas clientes.

“A área de prevenção à fraudes é uma área muito importante para o e-commerce, tanto para os consumidores quanto para as empresas. Nós somos uma área que reduz muito a perda financeira das companhias”, afirma a analista.

Quem é?

Dânia está há dois anos na Konduto e tem experiência de 11 anos na área antifraude, com passagens por Carrefour e B2W.

Dânia, analista anti fraudes e o filho BernardoCom um filho pequeno, Bernardo Benedito, de 5 anos, Dânia cuida das empresas como se também fossem filhas, com atenção extrema com a informação e com a segurança de cada uma delas.

Você que nos lê, talvez não faça a menor ideia de como se analisa uma fraude. E no caso da Konduto, todas as vendas realizadas nas lojas online de algum cliente são analisadas. 

Cerca de 90% delas são automaticamente aprovadas sem dificuldades pelo sistema, que verifica a autenticidade das informações por meio da tecnologia de ponta oferecida pela Konduto. É tudo muito rápido!

Mas, em média, 10% dos casos não apresentam todas as informações necessárias para garantir a confiabilidade da operação e geram dúvidas ao sistema. Diante disso, o atendimento fica por conta dos analistas que trabalham na mesa de análise de fraudes da empresa. É neste setor que a Dânia trabalha.

A análise criteriosa de um profissional é importante porque existem vários tipos de fraudes e os oportunistas estão sempre esperando o melhor momento para roubar dinheiro e dados dos clientes, que mais tarde também servirão para roubar mais dinheiro. É um ciclo que não tem fim.

Riscos e inspiração

Dânia trabalha no grupo de “visados”. Ou seja, ajuda a atender e diminuir o risco de fraudes em empresas que comercializam online produtos de alto risco. Isso torna o trabalho mais criterioso, com análises mais minuciosas, já que os valores são mais altos.

Além disso, ela já atendeu empresas de setores aéreos, automotivos, moda infantil e moda adulto, entre outros. A verdade é que ela já passou por quase todos os tipos de produtos para análise.

E a inspiração é “garantir a segurança das pessoas”, segundo afirma Dânia. E diz que “o trabalho tem a ver com ficar indignado com a injustiça que existe no nosso país em todas as áreas. É essa indignação que eu levo pro meu trabalho, para fazer de tudo que for possível para que os criminosos não tenham sucesso nas fraudes”.

Ela explica que o objetivo é impedir que oportunistas “prejudiquem uma pessoa de bem”.

“A gente contribui e consegue barrar um pouco disso com o nosso trabalho, para que os fraudadores não consigam dar continuidade aos golpes. Nosso trabalho ajuda nisso, a não deixar que o país piore”, conclui.

Rafa China

Autor Rafa China

Um saopaulino que já foi goleiro de futebol, repórter de TV, apresentador de telejornal, cantor de igreja, produtor de conteúdo, ainda é editor do iMasters e analista de Kondeúdo da Konduto.

Mais posts de Rafa China

Deixe um comentário