Nomes para lojas virtuais: como defini-los estrategicamente em 5 passos!

Alguns empreendedores idealizam nomes para lojas virtuais antes mesmo de elas nascerem. Outros, porém, quebram a cabeça para encontrar uma combinação de palavras capaz de definir o objetivo do negócio e atrair clientes qualificados.

Se você gerencia um e-commerce em fase de desenvolvimento e deu de cara com essa dúvida cruel, seus problemas acabaram! Preparamos um artigo com algumas dicas que facilitarão (e muito) o processo de escolha de nomes para comércios na web. Confira!

1. Defina a alma da empresa

Antes de começar a ventilar ideias e nomes, é preciso criar uma estrutura sólida em cima da qual se erguerá a identidade da marca. Estabelecer e ratificar missão, visão e valores da empresa pode ajudar a entender o que ela busca e de que forma se dará o trabalho realizado.

A missão de uma empresa responde a algumas perguntas como “por que razão o negócio existe?”, “o que ele faz?”, “para quem vende?” etc. A resposta desses questionamentos deve ser sólida, que não muda ao longo dos anos. A visão diz respeito às metas estabelecidas para um determinado espaço de tempo, e os valores estão ligados às questões morais e éticas que guiarão as ações da loja virtual.

2. Foque no negócio

Pode parecer simples, mas manter em mente o produto ou serviço oferecidos também ajuda a fornecer um norte na escolha de nomes para lojas virtuais.

Qual a finalidade do negócio? Drinks para festas? Acessórios para salões de beleza? Por que não começar a pensar em nomes que englobem tais termos?

3. Reúna ideias e concepções

Com as diretrizes iniciais dadas, é hora de reunir tudo o que veio à mente dos envolvidos no processo. Brainstorms são oportunidades únicas de ouvir diferentes pontos de vista e, quem sabe, construir em conjunto o sonhado ”conceito perfeito”.

Aproveite tais encontros para discutir prós e contras de cada uma das sugestões apresentadas, colocando em pauta os pré-requisitos para um bom nome e as razões pelas quais determinadas propostas não se encaixam no objetivo final.

Ah, e uma dica de ouro: muitas escolhas começam a partir de um trabalho de exclusão. Aproveite também para remover palavras ou termos inadequados, ambíguos e cacófonos, além de conceitos que remetam aos concorrentes ou não expressem de forma correta o sentido do negócio. Afinal de contas, você não quer que a sua loja seja conhecida por motivo de piada, não é mesmo?

4. Avalie a concorrência

Estar atento ao comportamento dos concorrentes é essencial não apenas nos momentos de pesquisas de mercado. Escolher um nome para o e-commerce também passa por aí.

Veja de que forma eles se posicionam e compare performances de empresas do segmento em mecanismos de busca. Quais delas são mostradas primeiro quando um usuário busca por uma palavra-chave específica? Quais descrevem o que a corporação faz de modo claro e simples?

Você possivelmente perceberá que, embora alguns segmentos permitam o uso de expressões mais complexas e rebuscadas, muitas vezes o consumidor busca pelo óbvio. Por isso, não deixe de considerá-lo durante o processo de maturação da decisão.

5. Pense como o consumidor

Pegando carona na dica acima, aqui vai um conselho valioso: pense como um consumidor. O que você buscaria se estivesse precisando comprar medicamentos on-line? “Farmácia on-line”, “drogaria on-line” e “remédios on-line” poderiam estar entre as opções, certo?

Caso, enquanto comprador, se deparasse com duas páginas, uma chamada “Remédios na Web” e outra “LéKarna” (tradução de Farmácia no idioma tcheco), qual seria o mais atrativo para iniciar sua jornada de compra?

A escolha do nome de uma loja virtual não deve ser feita de forma leviana, uma vez que representa a síntese de tudo a que ela se propõe. Seguindo os passos acima, é possível encontrar algo que defina e diferencie seu negócio, além de deixá-lo ainda mais interessante para a conversão de seu cliente.

Se você se interessou por esse artigo e quer saber mais sobre nomes para lojas virtuais e outros temas, assine nossa newsletter e não perca nada!

Konduto
Konduto

O blog da Konduto reúne os melhores conteúdos para quem combate a fraude online. Dicas e artigos sobre a análise de risco para melhorar os resultados do seu negócio.

Share This