Blog da KondutoDicas de e-commerce

Saiba como o machine learning tem beneficiado o e-commerce!

Por 27 de dezembro de 2018 janeiro 8th, 2019 Nenhum comentário

Machine learning é um termo criado por volta de 1950, mas, nos últimos anos, começou a ser mais aplicado em negócios e vem se tornando tendência de mercado. Várias empresas surgiram para auxiliar companhias de diversos segmentos a utilizar os dados disponíveis da melhor forma.

Você já conhece o machine learning? Sabe dos benefícios que ele pode trazer para a sua loja virtual? Acompanhe nosso artigo e fique por dentro de uma das maiores revoluções da tecnologia!

O que é machine learning

O termo pode ser traduzido por algo como aprendizado da máquina, que faz parte da Inteligência Artificial — equipamentos sendo capazes de realizar tarefas e resolver problemas. O objetivo dessa tecnologia é que a máquina consiga se aprimorar sozinha com o tempo.

É preciso falar e criar regras sobre o que fazer com a máquina no começo, porém, a partir disso, a cada dado recebido, ela fará a análise e começará a entender padrões de comportamento ou de vendas, por exemplo.

Um dos maiores marketplaces do mundo, o Alibaba, utilizou o machine learning em um dos seus dias mais lucrativos do ano, o Single’s Day (como se fosse um Black Friday na China). Durante as outras edições, os fornecedores do Alibaba tiveram muitos problemas para calcular a produção de produtos que seriam necessários, a distribuição deles e os problemas durante a fabricação que precisariam ser reparados.

Para solucionar o transtorno, a empresa criou uma máquina capaz de aprender sobre o comportamento dos visitantes do marketplace, acompanhar o processo de produção das peças e ainda avisar aos lojistas o que fazer em caso de algum imprevisto.

A Netflix, por outro lado, utiliza o machine learning para compreender os gostos dos seus clientes, quais filmes eles gostaram ou quais séries mais acompanharam para, assim, fazer as recomendações ideais na tela inicial. As indicações que aparecem quando o usuário abre o serviço de streaming são diferentes para cada um deles.

Existem diversos usos para a tecnologia, desde os mais simples até os mais complexos, como foi o exemplo da operação do marketplace. Contaremos alguns outros casos de uso que você já pode aplicar na sua loja virtual no próximo ano.

Como o machine learning pode ajudar uma loja virtual

Embora entender os dados da empresa seja essencial para ajudar no desenvolvimento saudável de um negócio, apenas ter muitos números pode acabar gerando confusão. Informações como o perfil do comprador, os dispositivos utilizados, a média de compra e a sazonalidade do mercado são importantes. Entretanto, são válidos apenas se organizados de forma que tragam uma conclusão e possibilidades de otimização.

A máquina consegue auxiliar justamente nesse processo de coleta e entendimento dos dados. Seguem alguns dos usos mais comuns.

Experiência única

Lembra quando comentamos da Netflix? E se fosse viável fazer o mesmo na sua loja? Hoje é possível segmentar seu site baseando-se no perfil do visitante. Por exemplo, para uma loja de sapatos femininos e masculinos, seria interessante saber o gênero do visitante para otimizar os anúncios que aparecem primeiro.

Também é possível segmentar a divulgação de acordo com o número de visitas que aquela pessoa já realizou na página. Ela pode receber um banner com um desconto de boas-vindas ou uma oferta de “estamos felizes que você voltou depois de um tempo”.

Dessa forma, você consegue personalizar a experiência de cada usuário: deixa sua marca ainda mais parecida com ele e melhora a percepção que ele tem do seu produto.

Recomendação de produtos

Seguindo a mesma linha de personalização da experiência, outra forma de auxiliar o visitante na navegação e aumentar o ticket médio das vendas é recomendar produtos que públicos semelhantes a ele compraram.

Exemplo: se uma pessoa adquiriu uma coleira de cachorro vermelha, por que não mostrar a ela, como recomendação, uma bandana que combine com essa cor? Ou produtos complementares que outros clientes compraram quando se decidiram por aquela coleira, como um bebedouro portátil?

Pense sempre em como facilitar a navegação do seu cliente e minimizar os passos para que ele chegue até o produto de interesse. Quanto mais dados sobre o comportamento do consumidor a máquina conseguir registrar, mais ela vai aprender e melhores serão as recomendações.

Suporte ao cliente

É comum que os clientes tenham dúvidas parecidas na compra dos produtos, como “qual o valor do frete?”, “quanto tempo para a entrega?”, “qual a política de trocas?”, “quais as formas de pagamento?”.

Perguntas como essas podem ser facilmente respondidas por um chatbot. A tecnologia do machine learning é aplicada nesses dispositivos de maneira que, no início, você deverá ensinar-lhe as respostas para as dúvidas mais comuns e, ao longo do tempo, ele aprenderá a aprimorá-las.

O chatbot pode ficar disponível no seu site, no WhatsApp, no Facebook e em outros canais. Essa é uma ótima forma de tornar o atendimento ao potencial cliente do seu e-commerce ainda mais rápido, já que o chatbot pode respondê-lo em diferentes canais 24h por dia e ainda otimizar o recurso de tempo da sua equipe interna.

Organização de estoque e informações de produtos

A atualização de produtos e a sincronização com o estoque quase sempre geram algum problema. É possível treinar a máquina para detectar e avisar sobre essas e outras anomalias.

Outra forma de aprimoramento da sua loja é entender em qual página acontece a maior evasão de potenciais clientes ou em qual estágio da venda ocorrem mais desistências.

Se a página de um produto específico não está gerando conversões, pode ser que haja informações incorretas ou confusas. A máquina pode mostrar quais são os gargalos para que você faça a revisão das páginas apontadas.

Segurança

Fraudes costumam ser uma preocupação para quem lida diariamente com lojas virtuais. Porém, com o machine learning, é possível identificar comportamentos padrões de uma compra fraudulenta na loja virtual e avisar ao negócio antes que ela seja finalizada.

Entender esses dados e fazer a análise deles com eficiência pode salvar muito dinheiro de uma empresa. A Konduto, por exemplo, chegou a prevenir o roubo de 10 milhões de reais de lojas virtuais aplicando o machine learning durante a Black Friday brasileira.

Ficou mais claro como o machine learning está crescendo e auxiliando as empresas a reduzirem os custos e a se tornarem mais seguras? Não deixe de entrar em contato com a nossa equipe e de entender como a sua loja virtual pode se beneficiar de soluções antifraude.

 

Konduto

Autor Konduto

O blog da Konduto reúne os melhores conteúdos para quem combate a fraude online. Dicas e artigos sobre a análise de risco para melhorar os resultados do seu negócio.

Mais posts de Konduto